Fluxo digital na Implantologia

A integração de protocolos digitais é uma realidade presente e um futuro certo na implantologia.

O estado da arte digital visa essencialmente simplificar os atos clínicos com maior previsibilidade e rapidez, com um claro benefício para o paciente.

A tecnologia digital também permitiu a integração de tecnologias outrora difíceis de dominar, como guias de redução óssea, scanners faciais, guias cirúrgicos e outros protocolos de prótese.

A parte mecânica dos protocolos é sem dúvida importante.

No entanto, é na área de Biologia e Fisiologia implantar que essas tecnologias digitais fazem a diferença em relação às tecnologias convencionais.

Neste contexto, esta conferência pretende mostrar em que pontos a tecnologia digital veio ajudar a biologia peri-implantar, confrontando bioquímica, biologia, estética e função.

AC_edited.jpg

Dr. André Chen

- Doutorado em Medicina e Cirurgia Oral (Phd) pela Universidade de Lisboa

- Professor Auxiliar na unidade de Cirurgia Oral, FMDUL 

- Especialista em Cirurgia oral

- Especialização em Cirurgia Oral (2008-2011- FMDUL), 

- NYU College of Dentistry Implant Dentistry Alumni (2006-2008)

- NYU Continuing Education Oral Rehabilitation Program (2004-2006)

- Clinical Dental Research Program (2012- Washington University - Seattle)

- Master Science em Regeneração Óssea (Msc-FMDUL)

- Assistente Convidado departamento de Implantologia FMDUL